Padrasto é preso suspeito de estuprar enteada de 9 anos

Um homem de 46 anos suspeito de abusar sexualmente da própria enteada, de apenas 9 anos de idade, foi preso na tarde desta sexta-feira (29). A prisão ocorreu em frente a escola onde a garota estuda, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. O homem vai responder por estupro de vulnerável e segue para audiência de custódia neste sábado (30).

Segundo a delegada da Infância e Juventude, Joana D’arc, a menina relatou para uma amiga da escola que não aguentava mais os abusos, que ocorriam sempre quando a mãe não estava em casa. Após isso, a amiga contou para a professora que acionou o conselho tutelar, orgão responsável por realizar a denúncia.

“A prisão ocorreu logo após ele abusar da criança. O exame não confirmou o estupro, mas os abusos e atos libidinosos. A menina relatou em riqueza de detalhes como ocorriam os abusos. Ao saber da notícia da prisão a garota disse aqui na delegacia: “Glória a Deus, deixei de sofrer. Não quero nunca mais voltar pra casa”, relatou a delegada.

Segundo a polícia, a menina já está sendo assistida por psicólogos em uma casa de apoio.

 

 

G1-B

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.