Paraíba registra mais 93 casos e 9 mortes por Covid-19; Sertão tem 93% de UTIs ocupadas

Neste domingo (13), a Paraíba registrou 93 novos casos de Covid-19 e 9 óbitos confirmados desde a última atualização, 6 deles ocorridos nas últimas 24h. Até o momento, 153.649 pessoas já contraíram a doença, 120.269 já se recuperaram e 3.439 faleceram. 493.602 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 57%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 59%. Em Campina Grande estão ocupados 56% dos leitos de UTI adulto e no sertão 93% dos leitos de UTI para adultos.

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 93, nos quais 05 municípios concentram 67 casos, o que representa 72,04% dos casos em toda a Paraíba. São eles:

João Pessoa, com 49 novos casos, totalizando 38.816; Cabedelo, com 06 novos casos, totalizando 3.850; Campina Grande, com 06 novos casos, totalizando 14.754; Cajazeiras, com 03 novos casos, totalizando 3.194; Olivedos, com 03 novos casos, totalizando 152.

* Dados oficiais preliminares (fonte: e-sus VE, Sivep Gripe e SIM) extraídos às 10h do dia 13/12, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

Até hoje, 188 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 09 óbitos registrados neste domingo ocorreram em hospitais públicos entre 09 e 13 de dezembro, sendo 08 deles nas últimas 48h. Os pacientes tinham idade entre 41 e 87 anos. Cardiopatia, hipertensão e diabetes foram as comorbidades mais frequentes.

 

 

Wscom

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *