Paraibana que fugiu da guerra na Ucrânia, Silvana Pilipenko vai disputar o Senado

A paraibana Silvana Pilipenko, que ficou conhecida em todo o país por ter fugido da guerra na Ucrânia, disse, nesta segunda-feira (23), ter aceitado o convite do Partido da Mulher Brasileira (PMB) para disputar as eleições para o Senado.

Durante entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan FM, Silvana falou da experiência vivida no conflito entre Rússia e Ucrânia e revelou ter aceitado o convite por entender que pode contribuir com o país, e principalmente com a Paraíba. “Sei que posso contribuir com o país e sobretudo com a Paraíba para enfrentarmos tantas guerra que vivenciamos, como a falta de dignidade, de recursos”, observou.

Silvana passou 26 dias sem contato com a família, que mora em João Pessoa. Ela, o marido ucraniano, Vasyl Pilipenko, e a sogra, de 80 anos, estavam em Mariupol há quase 30 anos, uma das cidades mais atingidas durante o conflito.

 

 

Portal Paraíba

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.