Pastor Valdemiro é condenado a pagar R$ 35 mil a Rui Costa após acusá-lo de fazer ‘pacto com capeta’

O pastor Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, foi condenado a pagar R$ 35 mil ao governador da Bahia, Rui Costa (PT), por danos morais. De acordo alegação do chefe do executivo baiano ao Judiciário, o pastor teria dito que o petista fez “fez pacto com o capeta”, por causa das medidas adotadas no combate à pandemia da Covid-19, como a proibição de cultos em igrejas. A informação foi publicada pelo portal G1.

Conforme consta na decisão, a fala do pastor teria sido registrada durante um programa de televisão, transmitido no dia 24 de março de 2020.

De acordo com a decisão judicial, o pastor refutou os argumentos do governador e afirmou que em momento algum o que foi dito se direcionou ao autor. Também citou a liberdade de expressão, e requereu a improcedência dos pedidos.

 

 

Brasil 247

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.