Pesquisa Ipespe: Lula tem 43% Bolsonaro 28%; Ciro e Moro aparecem com 8%

A nova pesquisa Ipespe para as eleições presidenciais de 2022, divulgada nesta sexta-feira (11), traz o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à frente, com 43% das intenções de voto, sendo seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), com 28%. Em relação à pesquisa divulgada em fevereiro, Bolsonaro cresceu cerca de 2%.

Depois, aparecem os candidatos Ciro Gomes (PDT) e Sergio Moro (Podemos), com 8% das menções cada.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), figura com 3% das intenções de voto. Já Simone Tebet (MDB) registrou 1%, mesmo percentual de Eduardo Leite (PSDB) e André Janones (Avante). Felipe d’Avila (Novo) foi citado, mas não chegou a 1% das menções, enquanto Alessandro Vieira (Cidadania) foi testado, mas não mencionado por nenhum respondente.

Além disso, 7% dos entrevistados afirmaram que votariam em branco/nulo, não escolheriam nenhum dos citados ou não votariam. Outros 2% não sabem ou não quiseram responder.

Esta edição da pesquisa Ipespe não trouxe o nome do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), que desistiu de sua pré-candidatura, conforme anunciado por ele próprio na quarta-feira (9). O nome de Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, apareceu pela segunda vez, já que ele ainda conversa sobre a possibilidade de sair do PSDB e ser o novo pré-candidato do PSD.

A última pesquisa Ipespe, divulgada em fevereiro, trazia Lula com 43%, Bolsonaro com 25% e Sergio Moro e Ciro Gomes empatados em terceiro lugar, com 8%.

Primeiro turno

Intenção de voto estimulada para presidente

Lula (PT) – 43%
Jair Bolsonaro (PL) – 28%
Ciro Gomes (PDT) – 8%
Sergio Moro (Podemos) – 8%
João Doria (PSDB) – 3%
Simone Tebet (MDB) – 1%
Eduardo Leite (PSDB) – 1%
André Janones (Avante) – 1%
Felipe d’Avila (Novo) – 0%
Alessandro Vieira (Cidadania) – 0%
Branco/nulo/não vai votar/nenhum – 7%
Indecisos/não respondeu – 2%

Intenção de voto espontânea para presidente*

Lula (PT) – 36%
Jair Bolsonaro (PL) – 26%
Sergio Moro (Podemos) – 5%
Ciro Gomes (PDT) – 4%
João Doria (PSDB) – 1%
Guilherme Boulos (PSOL) – 0%
Felipe d’Avila (Novo) – 0%
Branco/nulo/nenhum – 4%
Indecisos/não respondeu – 24%

*Guilherme Boulos e Felipe d’Avila foram citados, mas não chegaram a 1% de citações

Segundo turno

A Ipespe apresentou nove cenários de segundo turno. Veja:

Cenário 1

Lula (PT) – 53%
Jair Bolsonaro (PL) – 33%
Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 14%

Cenário 2

Lula (PT) – 51%
Sergio Moro (Podemos) – 30%
Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 19%

Cenário 3 

Lula (PT) – 55%
Eduardo Leite (PSDB) – 17%
Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 29%

Cenário 4

Lula (PT) – 53%
João Doria (PSDB) – 18%
Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 29%

Cenário 5

Lula (PT) – 50%
Ciro Gomes (PDT) – 25%
Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 26%

Cenário 6 

Ciro Gomes (PDT) – 47%
Jair Bolsonaro (PL) – 36%
Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 17%

Cenário 7 

João Doria (PSDB) – 38%
Jair Bolsonaro (PL) – 37%
Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 25%

Cenário 8 

Sergio Moro (Podemos) – 33%
Jair Bolsonaro (PL) – 33%
Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 34%

Cenário 9 

Jair Bolsonaro (PL) – 40%
Eduardo Leite (PSDB) – 35%
Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 26%

Metodologia

Esta edição da pesquisa Ipespe foi realizada por telefone com 1.000 entrevistados entre os dias 7 e 9 de março de 2022, com pessoas de 16 anos ou mais de todas as regiões do país.

A margem de erro máxima estipulada é de 3.2 pontos percentuais para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 95,5%. Ou seja, se 100 pesquisas fossem realizadas, ao menos 95 apresentariam os mesmos resultados dentro desta margem.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-03573/2022

Eleições 2022

A CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

 

 

CNN Brasil

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.