PF vê ligação de autoridade paraibana com pessoa que mantém relacionamento amoroso com chefe do tráfico

A Polícia Federal na Paraíba deflagrou, na manhã desta quinta-feira (29), a Operação Relações Perigosas. Foram deferidos pelo Juízo da Vara de Entorpecentes de João Pessoa, após pronunciamento favorável do Representante do Ministério Público do Estado da Paraíba, nove mandados de prisão preventiva e dez mandados de busca e apreensão, além do boqueio de valores em cerca de 200 contas bancárias.

Os mandados judiciais estão sendo cumpridos em João Pessoa e apenas um mandado de prisão preventiva foi direcionado para investigado domiciliado em Alhandra.

A Polícia Federal está empregando na ação de hoje 70 policiais, além de contar com o apoio de 20 (vinte) Policiais Militares.

Durante o trabalho investigativo foi percebido que mesmo presos, homens estavam conseguindo ter considerável atuação no ramo de tráfico de drogas, contando com apoio de terceiros fora do sistema prisional. Foi possível verificar que uma gama de pessoas teve suas contas bancárias utilizadas para transitar valores relativos a atividades ilícitas, na maioria das vezes tráfico de drogas.

Como o dinheiro do crime transitou em contas de pessoas físicas e jurídicas, houve pedido de sequestro de valores de mais de 200 contas bancárias, não se sabendo no momento qual o valor total bloqueado na data de hoje.

CRIMES INVESTIGADOS

A depender da participação de cada uma das pessoas investigadas, elas poderão vir a responder pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e/ou organização criminosa.

NOME DA OPERAÇÃO

O nome da operação faz referência ao fato inusitado de uma autoridade paraibana se relacionar com uma das pessoas investigadas, sem que tivesse conhecimento de que tal pessoa tinha envolvimento amoroso e criminoso com o líder do grupo criminoso investigado.

 

 

 

Polícia Federal

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *