Polícia da Paraíba conclui perícia do caso Fontenelle e solicita interrogatório de influencer

A Polícia Civil da Paraíba concluiu a perícia nos vídeos da influenciadora digital e ex-atriz da TV Globo Antônia Fontenelle no caso relacionado ao inquérito por crime de xenofobia. As investigações foram determinadas pela Polícia da Paraíba no dia 15 de julho, após expressões “aparentemente preconceituosas e xenofóbicas” em sua fala sobre o DJ Ivis, preso no dia anterior e investigado por agredir a mulher.

De acordo com a Polícia Civil, houve a degravação do conteúdo e o delegado encarregado solicitou a inquirição e interrogatório de Fontenelle pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. “A carta precatória já foi expedida. Estamos aguardando o retorno com o devido cumprimento”, disse.

Fontenelle usou as redes sociais revoltada com o caso de violência contra a mulher cometido pelo artista paraibano, mas nos seus comentários ela se referia como “Paraíbas”. ““Esses ‘paraíbas’ fazem um pouquinho de sucesso e acham que podem tudo. Amanhã vou contatar as autoridades do Ceará para entender porque esse cretino não foi preso”, disse. Tentando se desculpar, ela piorou a situação afirmando que estava se referindo a “quem fazia paraibada”. “Esse bando de desocupado aí da máfia digital que não tem nada o que fazer. Se juntaram pra agora me acusar de xenofobia. De novo? Num cola! Já tentaram me acusar de xenofobia. (…) Porque eu falei ‘esses ‘paraíba’ quando começam a ganhar um pouquinho de dinheiro acham que podem tudo. ‘Paraíba’ eu me refiro a quem faz ‘paraibada‘, pode ser ele sulista, pode ser ele nordestino, pode ser ele o que for. Se dizer paraibada, é uma força de expressão”,

Após o interrogatório a Polícia Civil da Paraíba vai decidir se a influencer será indiciada ou não. O prazo para finalizar a investigação é de 30 dias, podendo ser renovado.

 

Portal Paraíba

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *