Polícia prende 11 pessoas e apreende drogas, armas e munições

Uma operação policial desarticulou nesta quinta-feira (02), uma organização criminosa  responsável por crimes de homicídio e comércio ilegal de drogas na região de Pombal. A Operação Altiplano é fruto de uma investigação da Polícia Civil e foi deflagrada em ação conjunta com a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros.

De acordo com as investigações, as ordens para o cometimento dos crimes partiam de dentro de uma penitenciária em João Pessoa. Onze pessoas foram presas na operação, e armas, drogas e munições foram apreendidas.

Entre os presos estão um irmão e um filho de Raimundo Nonato da Costa, vulgo “Coroa Nonato”, morto em confronto com as polícias no dia 12 de agosto, durante uma operação policial na zona rural de Pombal.

“É uma organização que vinha cometendo vários crimes naquela região do estado e até em outros municípios. Já estamos investigando esse grupo há um bom tempo e temos provas robustas das atrocidades cometidas por essa quadrilha”, disse o superintendente da Polícia Civil na região do Sertão, delegado Cristiano Jacques.

Com a morte de Nonato e a prisão de dois familiares do clã, a organização criminosa sofre um grande impacto na região de Pombal.

A Polícia Civil continua investigando outros membros do grupo, que podem ser presos a qualquer momento.

 

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *