Procuradores dizem que a Lava Jato não acabou

A Operação Lava Jato no Paraná rebateu nesta quinta-feira (8) as declarações de Jair Bolsonaro sobre ter “acabado” com a operação. De acordo com procuradores do Ministério Público Federal (MPF), o discurso dele “indica desconhecimento sobre a atualidade dos trabalhos e a necessidade de sua continuidade e, sobretudo, reforça a percepção sobre a ausência de efetivo comprometimento com o fortalecimento dos mecanismos de combate à corrupção”.

“A Lava Jato é uma ação conjunta de várias instituições de Estado no combate a uma corrupção endêmica e, conforme demonstram as últimas fases dos trabalhos, ainda se faz essencialmente necessária”, disseram os procuradores.

Em coletiva de imprensa nessa quarta-feira (7), Bolsonaro disse ter acabado com a Lava Jato, porque, segundo ele, “não existe mais corrupção no governo”.

A prerrogativa de encerrar a Lava Jato é da Procuradoria-Geral da República (PGR).

 

 

Brasil 247

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *