Radiotelescópio Bingo construído na Paraíba ‘será uma das mais importantes estruturas científicas do Brasil’

O governador João Azevêdo falou sobre a instalação do Radiotelescópio Bingo, em construção no município de Aguiar, no interior da Paraíba. Em publicação nas redes sociais nesta quarta-feira (18), João Azevêdo comentou a importância do projeto para o desenvolvimento da tecnologia e do turismo no estado.

“O Radiotelescópio Bingo que será construído em Aguiar, no sertão do nosso estado, será uma das mais importantes estruturas científicas do Brasil e colocará o país no mapa das pesquisas sobre a expansão do universo”, disse João Azevêdo.

“Também será um equipamento muito importante para promover a interiorização do turismo na Paraíba, além de estimular atividades na área da educação, ciência e tecnologia para os nossos jovens. Por isso nós já estamos discutindo uma parceria para apoiar o projeto”, disse João Azevêdo.

“Temos investido para fortalecer a ciência e tecnologia no nosso estado e ficamos muito felizes de abrigar um projeto desse porte no Sertão do nosso estado”, explicou.

“Só para se ter uma ideia, o radiotelescópio ocupará uma área equivalente à do Maracanã e Aguiar foi escolhida por ser um dos melhores lugares da América do Sul para a sua instalação”, concluiu.

Telescópio Bingo 

Bingo (Baryon Acoustic Oscillations from Integrated Neutral Gas Observations, em inglês), projeto internacional liderado pelo Brasil, em parceria com outros oito países: China, Coreia do Sul, Reino Unido, França, Espanha, Alemanha, África do Sul e Suíça.

A intenção do telescópio é ajudar a esclarecer dois fenômenos ainda misteriosos da cosmologia e da astrofísica: a energia escura e as rajadas rápidas de rádio (em inglês, fast radio bursts – FRBs).

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *