Senador vai apresentar CPI da Covid ampla, incluindo estados e municípios, e quer apoio de paraibanos

 

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) vai apresentar, nesta quarta-feira (14), uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid ampla, ou seja, que apure também os estados e os municípios, diante da pandemia da Covid-19. Em entrevista ao programa ‘Arapuan Verdade’, da Rádio Arapuan FM, pediu o apoio dos senadores paraibanos para instalação dessa CPI.

Para o parlamentar, essa é uma CPI dita como mais justa e independente. “Se fazer uma CPI com o foco apenas do Governo Federal é pegar um para Cristo. Nós sabemos que centenas de bilhões de reais foram enviados, verbas federais para os estados e municípios. Então, o nosso pedido de CPI tem fatos determinados, com base nas operações da Polícia Federal, que é uma das entidades mais acreditadas pelos brasileiros”, afirmou, como o ClickPB acompanhou.

Girão ainda se disse ser independente e que não tem cargos no Governo Federal. A decisão sai amanhã. “A partir da interferência, uma de invasão de competência do Supremo Tribunal Federal no legislativo. É o que Supremo tem feito, infelizmente, feito isso. O que tem desarmonizado a República”, frisou.

Sobre os senadores paraibanos, Girão quer o apoio para a instalação dessa CPI. “Eu espero contar. Eu espero que seja uma sinergia porque todos nos estamos imbuídos nos mandatos da gente. Nos mandatos do senador que é 8 anos para fazer o que é correto e trabalhar para a população. Eu acredito muito que os nossos colegas paraibanos, que tem feito um grande trabalho, que possa estar junto conosco nessa CPI que não é minha. É uma CPI do povo brasileiro, do povo de bem que quer apurar tudo”, destacou.

 

 

Aline Martins

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *