Servidor da Justiça Eleitoral é preso em Patos suspeito de vender lista de eleitores

A Polícia Federal prendeu em flagrante um servidor da Justiça Estadual na Paraíba, designado para atuar a serviço da Justiça Eleitoral, suspeito de vender lista de eleitores no município de Passagem. A prisão aconteceu em Patos, no Sertão paraibano, nessa terça-feira (8).

O homem é investigado por cobrar quantias em dinheiro para fornecer a terceiros listas de eleitores do município de Passagem, na Paraíba.

O crime de corrupção passiva, do art. 317 do Código Penal, será apurado em inquérito conduzido pela Delegacia de Polícia Federal em Patos, sob sigilo.

 

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *