Suélio toma posse como prefeito de Catingueira

O prefeito eleito de Catingueira, Suélio Félix de Alencar (DEM), tomou posse na tarde desta sexta-feira, dia 1º de janeiro, juntamente com seu vice, Patrício Fausto de Sousa.

A solenidade de posse aconteceu na sede da Câmara Municipal de Catingueira e contou com a participação de vereadores já diplomados e alguns convidados.

Após ter sido empossado para o cargo de prefeito, Suélio discursou e agradeceu a todos que confiaram em sua pessoa para conduzir a Chefia do Poder Executivo Local.

Em seguida, Suélio e Patrício se deslocaram até o Pátio da Prefeitura Municipal acompanhados pela Banda Filarmônica. No local, o prefeito empossado recebeu das mãos do ex-vice prefeito, Geraldo Demezio, uma chave simbólica da Prefeitura.

 

CLICK AQUI E ASSISTA O VÍDEO COM OS MELHORES MOMENTOS

QUEM É SUÉLIO?

Suélio Félix de Alencar, este o nome do prefeito empossado de Catingueira. Nascido e se criado no Sítio Serra Branca, município de Catingueira, Suélio tem 44 anos, é casado, pai de duas filhas e avó do pequeno Lucas. Filho dos agricultores Odacir Leite de Alencar e Inácio Félix de Oliveira, concluiu o ensino fundamental em escola pública e durante toda sua infância e adolescência trabalhou na roça junto com seus 08 (oito) irmãos.

Na adolescência, buscando melhores condições de vida para sua família, Suélio se mudou para a cidade e começou a trabalhar como garçom em um bar. Seis meses depois, conseguiu montar seu próprio bar. Tempos depois o local foi reformando e recebeu o nome de “Suélio’s Bar e Lanchonete” se tornando uma das melhores lanchonetes da região. Naquele mesmo tempo, Suélio inaugurou a “Catingueira Moto Peças”, uma oficina de motos.

Em 2011, Suélio pensou grande, aceitou o convite do seu irmão e se mudou para São Paulo, onde se tornou sócio de um restaurante de comida oriental. O começo foi difícil. Não foi fácil se adaptar a rotina da cidade grande. Um jovem pai e sonhador que por muito tempo trabalhou na roça para ganhar seu sustento, sentiu na pele a dificuldade de morar em uma grande metrópole. Suélio deu mais um passo para o crescimento e tempos depois montou seu próprio restaurante de comida oriental. O sushi Itaquera, hoje um dos maiores restaurantes da região da Zona Leste de São Paulo. Ao longo dos anos, Suélio conseguiu abrir outros restaurantes no mesmo seguimento, sempre priorizando ajudar seus conterrâneos. Hoje grande parte dos seus funcionários são cidadãos de Catingueira.

Em 2020, Suélio resolveu atender ao desejo popular e lançou seu nome para concorrer ao cargo de prefeito de Catingueira. Segundo ele, existia uma enorme falta de atenção por parte da atual gestão com o povo mais carente do município e isto fez com que ele aceitasse o desafio.

Suélio foi eleito no último pleito eleitoral com 2.248 votos (50,86%) contra 2.172 votos (49,14%) do seu adversário, o atual Prefeito Odir Borges. O curioso é que, em 2016, o Prefeito Odir Borges foi eleito com uma grande maioria de votos, ou seja, quase 900 votos.

Em seus discursos, Suélio pregou ser a mudança que Catingueira precisava, apresentando propostas para a geração de emprego e renda, construção de casas populares e o principal, fazer uma gestão voltada principalmente para a classe menos favorecida pelo atual governo do senhor Odir Borges.

Durante boa parte da campanha, Suélio foi taxado muitas vezes de “garçom”, “matuto” e “beradeiro”. Garçom pelo fato de ainda hoje trabalhar como garçom em seus restaurantes e “matuto e beradeiro” pelo fato, possivelmente, de ter nascido e se criado na zona rural do município. Porém, isto acabou lhe fortalecendo ainda mais na campanha já que muita gente se identificava com o jeito humilde e popular do candidato.

“Serei um prefeito do povo. Quero fazer uma gestão voltada a todas as pessoas do município, mesmo para aquelas que não voltaram em mim.”, disse.

 

 

 Assessoria

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *