Tarifaço na conta de luz deve jogar inflação a 8,2% em 2021

A nova bandeira tarifária da “escassez hídrica”, anunciada pelo Ministério de Minas e Energia (MME), deve acelerar o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para 8,2% neste ano, segundo o economista André Braz, coordenador dos Índices de Preços do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV Ibre). A sobretaxa deve vigorar entre setembro deste ano e abril de 2022, aponta reportagem do Valor Econômico.
“Nesta terça-feira, o Ministério de Minas e Energia e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciaram a criação de uma nova bandeira tarifária, ainda mais cara que a vermelha 2, em vigor atualmente. A chamada bandeira da ‘escassez hídrica’ vai custar R$ 14,20 adicionais a cada 100 kWh consumidos, contra R$ 9,49 da atual bandeira vermelha 2”, informa o jornal.

Com isso, diz Braz, a projeção da inflação de setembro vai de 0,6% para 0,83%. Enquanto a projeção da taxa anual de inflação para 2021 passa de 7,8% para 8,2%, afirma.

 

 

Terra

 

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *