TCE julga irregulares contas da câmara de vereadores de Diamante

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado retomou às atividades de julgamento, nesta terça-feira (16). Sob a presidência do conselheiro André Carlo Torres Pontes, o colegiado reunido em sessão ordinária, por videoconferência, apreciou uma pauta com 40 processos, entre prestações de contas, recursos, licitações e contratos, inspeções, atos de pessoal e verificação de cumprimento de decisão.

Foram julgadas irregulares as contas da Câmara Municipal de Diamante, exercício de 2019 (proc. TC 6506/20), na gestão do vereador Adriano Santos Bernardino, tendo como principal eiva a falta de comprovação de gastos com locação de veículo. Foi imputado ao gestor o montante de R$ 7 mil, além de multa. O vereador não apresentou defesa, conforme o voto do relator, conselheiro substituto Antônio Cláudio Silva Santos. Ainda cabe recurso.

 

 

Paraíba.com.br

 

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *