TCE-PB e UFPB firmam parceria para realização da 2ª turma de Mestrado em Economia do Setor Público

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Fernando Rodrigues Catão, e o reitor da Universidade Federal da Paraíba, prof. Valdiney Gouveia, celebraram na manhã desta terça-feira (22) – em reunião por teleconferência, convênio para a realização da 2ª turma do Mestrado Profissional em Economia do Setor Público, que terá como finalidade a qualificação de servidores públicos.

O presidente do TCE, Fernando Catão, justificou a iniciativa e o esforço da Corte em reeditar a parceria iniciada com a UFPB, quando da realização do primeiro Mestrado, que contou com a participação de 27 mestrandos e a produção de 18 dissertações, possibilitando a formação de excelentes quadros, que trouxeram ganhos expressivos para a Corte de Contas, especialmente no quesito tecnologia e inovações do controle externo.

Ele agradeceu ao conselheiro Arnóbio Viana, coordenador da Escola de Contas Otacílio Silveira-Ecosil, que não mediu esforços para viabilizar a parceria. Explicou que o investimento do Tribunal decorre do Fundo de Fiscalização Orçamentária e Financeira – proveniente de multas aplicadas pelo TCE, que tem como objetivo a realização de aperfeiçoamentos, treinamentos e cursos voltados à melhoria da gestão pública. “São recursos que devem voltar em benefício da sociedade, disse o conselheiro, ao reforçar a iniciativa da parceria.

O reitor da UFPB, Valdiney Gouveia lembrou o êxito da primeira turma do Mestrado, e reforçou o empenho da UFPB em ampliar essas parcerias entre a universidade e as instituições públicas, que trazem resultados significativos na comunidade acadêmica, com reflexos positivos no âmbito da sociedade. “Tenho certeza de que será mais uma vez muito produtivo e eficaz para o mundo acadêmico”, disse ele.

Na oportunidade, representando o conselheiro Arnóbio Viana, coordenador da Escola de Contas, o secretário Carlos Pessoa de Aquino enfatizou a parceria firmada com a UFPB. “Esses esforços enaltecem a cultura do conhecimento, nos aproximando da intelectualidade”, disse ele ao reiterar os esforços empreendidos pela Escola de Contas. “Essa é uma parceria que semeou e frutificou”.

A professora Maria da Conceição Sampaio, vinculada ao Departamento de Economia e um dos coordenadores do programa de pós-graduação, considerou a parceria exitosa e trará importantes ganhos para as políticas públicas. “Tem um valor imenso e nós só temos a agradecer aos membros do TCE e à sensibilidade do reitor da UFPB”, frisou. Participaram do ato solene pela via remota, outros professores do Programa de Pós-Graduação do Departamento de Economia, vinculados ao Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA).

Nesta segunda edição do Mestrado deverão ser ofertadas 35 vagas, divididas entre os servidores públicos do Tribunal de Contas, os servidores dos órgãos jurisdicionados, os servidores da UFPB, além de vagas para ampla concorrência. As linhas de pesquisa do Programa envolvem trabalhos destinados a investigar as políticas públicas e o desenvolvimento; a eficiência do gasto público e do sistema tributário e os fenômenos da economia social.

Também serão desenvolvidas pesquisas de interesse do Tribunal de Contas, segmentadas em grupos com abordagens à detecção de fraudes no setor público, eficiência dos gastos públicos municipais, com educação e saúde; impacto da qualidade dos professores sobre o aprendizado dos alunos e previsão de risco de gestão municipal. As pesquisas servirão como base para o desenvolvimento de estratégias para as atividades fins do TCE/PB.

 

Assessoria

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *