TJ-PB decide em favor de aposentada de Piancó vítima de empréstimo fraudulento

O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB), em decisão nesta quinta-feira (21), manteve sentença do juiz de Piancó, Pedro Vasconcelos, que condenou o Banco Bradesco por empréstimo consignado fraudulento.

A vítima da fraude é uma aposentada de Piancó, ela começou a sofrer descontos indevidos em seu benefício em 2017, quando procurou a justiça por  contra o Bradesco, argumentando que não havia recebido nenhum crédito bancário, nem assinado contrato de empréstimo com a instituição financeira.

A Agência bancária banco não mostrou contrato do referido empréstimo, o que levou o juiz a não ter dúvida de que se tratou de uma fraude e condenou a instituição financeira, que apelou ao TJ, mas não obteve êxito.

Diante dos fatos o banco deverá restituir em dobro os valores cobrados indevidamente da conta da aposentada, que também receberá 4 mil reais por danos morais.

Os empréstimos bancários fraudulentos e de renovação automática, o que também se configura uma ilegalidade, têm sido constantes na região, e prejudicam milhares de aposentados regionais.

 

 

Folha do Vale

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *