Trio que invadiu casa e fez médico refém em Itaporanga é condenado a mais de 41 anos de prisão

O juiz Antônio Eugênio Leite Fereira Neto, condenou os réus Kelwin Dornelas dos Santos, de 20 anos, Raiff Sales Ferreira, de 31 e Victor Alves Lessa, de 25, por invadir, assaltar e manter um médico e a mulher como reféns, na cidade de Itaporanga (PB). O crime ocorreu no dia 18 de março de 2021.

Kelwin foi condenado a nove anos, três meses  e  dez dias de reclusão e 208 dias-multa. Raiff teve pena de 16 anos, nove meses e 15 dias de reclusão, além de 443 dias-multa. Já Victor Alves foi sentenciado a 15 anos de reclusão e 336 dias-multa.

As penas deverão ser cumpridas inicialmente em regime fechado em uma das penitenciárias de João Pessoa-PB ou em outro estabelecimento a critério do Juízo das Execuções Penais.

 

 

Diamante Online

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *