Unidades de conservação da Paraíba serão reabertas

As unidades de conservação sob gestão do Estado da Paraíba reabrirão gradualmente para visitação pública a partir do dia 1 de setembro, conforme decisão da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), publicada no Diário Oficial do Estado neste sábado (15).

São locais como Areia Vermelha, Mata do Buraquinho, Vale dos Dinossauros e Parque Pedra da Boca, entre outros, cuja visitação está suspensa desde março e permanecerá desta forma até o dia 31 de agosto.

A partir de setembro, os locais serão reabertos com regras que vão depender da classificação por bandeiras de cada cidade. A visitação só será permitida em cidades com bandeiras verde ou amarela.

Para os municípios com bandeira verde: fica permitido o uso da área comum das Unidades de Conservação, com capacidade controlada de 60 pessoas por turno; atividades turísticas como trilhas, rapel, passeios de catamarã, entre outras, respeitarão capacidade reduzida de 10 pessoas por condutor ou guia de turismo. Ensaios fotográficos, filmagens e gravações de programações de TV serão permitidas mediante agendamento e autorização prévia do órgão Gestor, sendo possível o agendamento de até três atividades por turno. As unidades que possuem infraestrutura de apoio ao visitante e auditório serão abertas mediante acesso controlado, sendo o uso dos bebedouros autorizado apenas para o enchimento de garrafas.

Para os municípios com bandeira amarela: fica permitido o uso da área comum com capacidade máxima de 30 pessoas por turno; atividades turísticas como trilhas, rapel, passeios de catamarã, entre outras, respeitarão capacidade reduzida para 10 pessoas por condutor ou guia de turismo. Ensaios fotográficos, filmagens e gravações de programações de TV serão permitidas mediante agendamento e autorização prévia do órgão Gestor, sendo possível o agendamento de até duas atividades por turno. As Unidades de Conservação que possuem infraestrutura de apoio ao visitante e auditório manterão centro e auditório fechados, assim como seus bebedouros.

Será obrigatório o uso de máscara e deve respeitar a distância mínima de dois metros entre as pessoas. Cada visitante deve portar garrafa de água para consumo individual e o uso de rios e cachoeiras para lazer está proibido. Além disso, a temperatura dos visitantes deve ser aferida antes da entrada em infraestruturas de apoio, no caso das unidades que possuírem tais locais.

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *