Após expulsão, padre retorna atividades em Igreja

O padre José de Andrade celebrou sua primeira missa como sacerdote da Igreja Católica Apóstolica Brasileira, após a excomungação da Diocese. A celebração aconteceu na quinta-feira (20), na residência de seus pais que fica no sítio Catolé na zona rural de Cajazeiras. (veja o vídeo abaixo).

A celebração que seguiu as orientações das autoridades de saúde, foi presidida pelo bispo da igreja brasileira, Dom Júlio Paiva, da Diocese de Campina Grande e reuniu amigos e familiares.

O padre José de Andrade, que também é conhecido como ‘Padre Jóia’ será o representante da Igreja Católica Brasileira no Sertão da Paraíba e recebeu liberação para exercer seu ministério na região.

O religioso, de 50 anos, que exerceu parte do seu ministério na Diocese de Cajazeiras, de 2002 a 2017, até decidir deixar a Igreja Católica Apostólica Romana e ingressar na Igreja Católica Apostólica Brasileira.

O padre passou pelas paróquias de São José de Piranhas, São Bento e Triunfo, está afastado do ministério sacerdotal desde 2017. Segundo ele, a decisão de trocar de Igreja Católica é recente, mas suas reflexões sobre o assunto vêm desde os tempos de seminarista.

 

 

 Diário do Sertão

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *