‘Segunda onda da Covid-19 no Brasil vai afetar economia’,

O diretor de Política Econômica do Banco Central (BC), Fabio Kanczuk, disse nesta sexta-feira (06) não ter dúvidas de que uma segunda onda da pandemia do novo coronavírus poderá acontecer no Brasil. Ele acredita que, se isso ocorrer, haverá efeitos consideráveis nas políticas fiscal e monetária do país. Ele destacou que a segunda onda do surto já está bem clara na Europa e também deve ter efeitos nos Estados Unidos.

“Não tenho a menor ideia do que vai acontecer no Brasil, em parte devido à questão do verão. Se a segunda onda chegar de forma relevante no Brasil terá efeitos importantes na política fiscal e na política monetária. Haverá motivação para mais auxílio emergencial agora que temos ainda mais questão fiscal”, alertou, em participação no evento Macro Vision 2020 organizado pelo banco Itaú.

O diretor avalia, entretanto, que os impactos de uma segunda onda na Europa e nos EUA devem ser pequenos para o Brasil.

Ele lembrou que as políticas monetárias americana e europeia já estão com os juros no mínimo e sem perspectiva de alta pelos próximos anos. “Mais efeitos nessa direção vão utilizar outros instrumentos monetários – como quantitative easing – com poucos impactos para o Brasil”, completou.

 

 

 

 

Terra

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *