Aprovação da MP da Eletrobras mostra que Câmara é reformista, diz Arthur Lira

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que a aprovação da medida provisória que autorizou a desestatização da Eletrobras demonstra que a Casa é reformista. Ele destacou que o total de votos favoráveis seria suficiente para aprovar até mesmo uma emenda constitucional.

A MP foi aprovada por 313 votos favoráveis e 166 votos contrários. Para se aprovar uma alteração na Constituição são necessários 308 votos.

Para Lira, o quórum necessário fui superado em “margem contundente e incontestável”. “Isso só comprova que o ambiente para as reformas na Câmara está maduro, sólido e sedimentado”, afirmou o presidente por meio de suas redes sociais.

Lira destacou ainda que a tramitação da MP respeitou o papel da oposição. “Reflete um sentimento de um espectro reformista que é amplo e que se faz ouvir e é respeitado em todas as instâncias e na tramitação de todos os projetos, sem nenhum prejuízo para o tenaz e crucial papel exercido pelas minorias. A Câmara é de todos”, disse o presidente da Casa.

Agência Câmara

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *