Aprovação de projeto que permite união de partidos em federações divide opiniões na PB

A aprovação pela Câmara dos Deputados do projeto que permite a dois ou mais legendas se unirem em uma federação partidárias e atuarem de maneira uniforme em todo o país dividiu opiniões na Paraíba. A proposta recebeu 304 votos favoráveis e como já tem o aval do Senado, segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Se entrar em vigor, a federação de partidos permitirá a união de siglas com afinidade ideológica e programática – sem que seja necessário fundir os diretórios.

Dos doze representantes da bancada paraibana na Câmara Federal, apenas os deputados Efraim Filho (DEM) e Julian Lemos (PSL) votaram contra ao projeto.

O presidente estadual do Patriotas na Paraíba, deputado Wallber Virgolino, disse que a mudança não vai alterar o seu modo de fazer campanha. Segundo ele, a iniciativa vai beneficiar os candidatos com menor poder aquisitivo. “Qualquer que seja o modelo, vamos disputar da mesma forma. Acredito que a mudança vai favorecer os candidatos mais pobres, com menor poder aquisitivo, de forma mais democrática. Como eu não compro voto, meu voto é de opinião, vamos para luta seja qual for o formato”, afirmou.

Já para o advogado eleitoralista, Ronnie Lins, a junção de partidos em federações vai impedir que filiados possam deixar suas respectivas legendas antes do término dos quatro anos, sob pena de infidelidade partidária. Ele ressaltou que a condição retira a independência dos filiados perante a legenda. “É mais do que uma coligação, e por isso os filiados não terão independência”, observou.

 

 

Portal Paraíba

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *