Bolsonaro demite ministro do Turismo

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, foi demitido por Jair Bolsonaro nesta quarta-feira (9). Ele foi avisado pelo presidente no Palácio do Planalto, informaram a CNN e o site O Antagonista.

Segundo o repórter Igor Gadelha, da CNN, o presidente da Embratur, Gilson Machado, é o nome mais cotado para assumir a pasta.

Sobre as razões da demissão, o jornalista informa que Bolsonaro ficou irritado com mensagem que Álvaro mandou no grupo de ministros atacando Luiz Eduardo Ramos.

Segundo informou a Coluna Radar, nesta terça-feira, Antônio foi “para cima do ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, num grupo de WhatsApp dos auxiliares do governo”.

Antônio acusava Ramos de negociar seu cargo com os partidos do centrão no Congresso, os dois começaram a discutir, a briga evoluiu para os berros e os dois quase brigaram fisicamente, segundo testemunhas.

O agora ex-ministro do Turismo foi envolvido no laranjal do PSL em Minas Gerais nas eleições de 2018, se tornando alvo de um grande escândalo, mas mesmo assim se manteve no governo até agora.

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *