Empresário paraibano é morto em suposta operação da Polícia de Sergipe após ser confundido com assaltante de banco

Um jovem de 30 anos foi morto em uma suposta operação policial da Polícia Civil de Sergipe na noite de ontem (16), em Santa Luzia, no Sertão da Paraíba. Segundo informações, Geffeson de Moura Gomes era dono de uma loja de veículos em João Pessoa.

Ele teria sido confundido com um criminoso durante uma troca de tiros entre policiais e criminosos na cidade sertaneja. A operação teria sido empreendida pela Polícia Civil de Sergipe, sem a participação da Polícia paraibana.

O corpo de Geffeson foi deixado no Hospital Sinhá Carneiro, em Santa Luzia. Ele estava se dirigindo para Cajazeiras, sua terra natal, quando ocorreu o fato.

O superintendente da 3ª Superintendência da Polícia Civil da Paraíba, Sylvio Rabello, informou ao G1 que a polícia paraibana não participou do confronto pois foi avisada de última hora.

A Polícia Militar tentou localizar os policiais sergipanos para obter informações sobre a operação, mas sem sucesso.

Veja os registros do caso:

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *