Governador da Paraíba diz que vai propor incorporar aos poucos a Bolsa Desempenho em reunião com policiais e bombeiros

O governador João Azevêdo informou, nesta segunda-feira (3), que vai propor aos policiais e bombeiros, na reunião desta terça-feira (4), incorporar a Bolsa Desempenho aos salários, aos poucos. No programa Conversa com o Governador, na Rádio Tabajara, o gestor pontuou que o Estado não tem condições de fazer essa incorporação de uma só vez.

O governador destacou que “a solução definitiva para o problema é a incorporação da bolsa? É. Entretanto, é possível fazer isso de uma vez? Não. Porque o Estado não tem recursos suficientes para isso. É possível fazer isso paulatinamente? Sim.”

“Importante esclarecer já que tratamos com muita transparência dessas ações. A lei federal obrigou os estados a aprovar suas leis estaduais de proteção dos militares. Infelizmente, muitos se aproveitaram desse debate, dizendo que a lei estaria retirando direitos de quem está na ativa e também colocaram na pauta a discussão de salários. Salário é o que nós vamos discutir amanhã com aquelas associações que representam legitimamente os militares”, declarou o governador, conforme apurou o ClickPB.

Ainda segundo João Azevêdo, serão discutidas “soluções para os problemas que não foram causados por esse governo porque a questão é a Bolsa Desempenho, que não é incorporada ao salário. A Bolsa Desempenho é elemento de gestão. O Governo do Estado está aberto a encontrar esse caminho como já fez no começo de 2019”.

O governador criticou o oportunismo no protesto dos policiais e bombeiros. “Não aceitamos, de forma nenhuma, que alguma categoria seja usada por alguns para se promover.”

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *