Governo compra 113 toneladas de alimentos para distribuir com famílias paraibanas

O Governo do Estado, por meio da Secretaria Executiva de Segurança Alimentar e Economia Solidária (Sesaes)/Secretaria de Desenvolvimento Humano (Sedh), realizou esta semana a compra e entrega de 113 toneladas de alimentos do Programa de Aquisição de Alimentos modalidade Compra com Doação Simultânea (PAA-CDS) em 14 municípios paraibanos para beneficiar famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional.

Durante toda semana, as compras e entregas dos alimentos foram realizadas nos municípios de Patos, Mari, São João do Rio do Peixe, Barra de Santa Rosa, Conde, Tacima, Mamanguape, Dona Inês, Cubati, Poço José de Moura, Nazarezinho e Queimadas. Os produtos são comprados dos próprios agricultores familiares da região, numa ação do Governo do Estado em parceria com as prefeituras, a exemplo da cidade de Patos, onde foram entregues 10 toneladas de alimentos – macaxeira, limão, polpa de frutas e inhame.

Essa ação, que totaliza recursos de R$ 9,1 milhões,  faz parte da proposta aprovada do Governo da Paraíba, desenvolvida com base na Portaria n° 393, de 5 de junho de 2020, do Governo Federal, e fundamentada por indicadores contidos no Mapa de Insegurança Alimentar e Nutricional do Estado, assim como nos índices de desenvolvimento humano dos munícipios. Ao todo, são contemplados 184 municípios, distribuídos nas 14 regiões da Paraíba; cerca de 1600 agricultores fornecedores comercializando seus produtos e mais de 200 unidades recebedoras responsáveis por distribuir esses alimentos às famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional.

“Essa é mais uma ação importante promovida pelo Governo da Paraíba, através da Sedh e Sesaes, dando sequência e agilidade à execução do PAA, um programa que tem um alcance muito grande e o objetivo de fazer com que alimentos saudáveis da agricultura familiar cheguem à mesa de pessoas que mais precisam. Enfatizo também que essa aquisição é feita com os agricultores familiares, então, além de levar comida de qualidade, a gente consegue atender os pequenos produtores injetando recursos nessa cadeia produtiva, fortalecendo o segmento da agricultura familiar no estado”, disse o secretário do Desenvolvimento Humano, Tibério Limeira.

Marcelo Melo, gerente executivo das Casas de Economia Solidária, comentou que esta é ação fundamental para os agricultores. “A execução do PAA nos municípios vem para fomentar a agricultura familiar como também alimentar essas inúmeras famílias que estão necessitadas. É gratificante para nós que estamos executando e para os agricultores que estão escoando a produção deles e gerando renda”, disse.

O PAA tem o objetivo de promover o acesso à alimentação em quantidade, qualidade e regularidade necessária às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional; assim como valorizar e fortalecer a agricultura familiar, a produção sustentável e a geração de renda.

 

Secom-PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *