Juiz indefere registro de candidatos a vereadores de Pedra Branca, Boa Ventura e Nova Olinda

O juiz Antônio Eugênio, da 42ª Zona Eleitoral, indeferiu os registros de três candidatos a vereadores de cidades da região do Vale do Piancó.

O primeiro indeferimento foi o de Roberto Rodrigues da Silva, do Partido Democrático Trabalhista (PDT) de Pedra Branca. A impugnação foi apresentada porque o referido havia sido cassado pela Câmara Municipal pedrabranquense por quebra de decoro parlamentar.

Jhonson Estanislau (Solidariedade) da cidade de Boa Ventura (PB). O MP apresentou alegando que ele não se encontra quites com a Justiça Eleitoral por ter tido suas contas referentes à campanha de 2016 julgadas como não prestadas.

A terceira e última impugnação foi a de Marizete Coriolano da Silva (DEM) de Nova Olinda.  A candidata seria inelegível por não deter filiação partidária com nenhuma agremiação política.

O Ministério Público opinou pelo indeferimento, considerando que os documentos apresentados foram produzidos pela interessada, no âmbito do partido, o que impossibilitava a comprovação de documentos produzidos unilateralmente.

 

 

 

 

 

Diamante Online

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *