Líder de quadrilha especializada em fraudes em concursos é preso na Paraíba

Agentes da Delegacia Especializada de Repressão ao Crime Organizado (Draco) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), prenderam nesta quinta-feira (21), um homem acusado de ser o líder de uma organização criminosa especializada em fraudes em concursos, principalmente na área da segurança.

A Operação Loki foi desencadeada, além da Paraíba, nos estados de Sergipe, Alagoas e Pernambuco. Na Paraíba, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e um de prisão, em João Pessoa.

O homem detido, já havia sido preso anteriormente durante a Operação Gabarito, em 2017, que também agiu contra uma quadrilha especializada neste tipo de fraude.

Um policial civil de Alagoas, também foi detido em João Pessoa. De acordo com o delegado Saulo Nunes “o objetivo é desestruturar uma organização criminosa que vem cometendo fraudes em concursos públicos da Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros em Alagoas. O líder é paraibano e foi o alvo de prisão na Paraíba”, disse.

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *