Mensagem que afirma que cidades zeraram mortes por covid-19 após “tratamento precoce” é falsa, diz Butantan

O Insituto Butatan negou a informação que circula nas redes sociais que apontava que 16 cidades brasileiras zeraram óbitos e internações causadas pelo novo coronavírus após adoção de “tratamento precoce”.

Na coluna Fato x Fake, o Instituto destaca que essa mensagem é falsa e que há pessoas internadas e óbitos em quase todas as cidades do Brasil.

Veja:

#FAKE Cidades não registram mortes nem internações por Covid-19 após adoção de tratamento precoce. Uma lista com 16 cidades brasileiras circula nas redes sociais afirmando que os municípios zeraram óbitos e internações causadas pelo novo coronavírus após adoção do “tratamento precoce” (coquetel de alguns remédios sem eficácia comprovada para combater a infecção pelo vírus). A mensagem é falsa. Há tanto pessoas internadas quanto óbitos registrados em quase todas as cidades do Brasil. Além disso, algumas prefeituras já negaram ter o chamado “kit Covid” para combater a doença. As medidas de proteção contra a Covid-19 são o uso de máscaras e álcool em gel, o distanciamento social e a vacinação. 

 

 Instituto Butatan

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *