Ministério Público apura acúmulo ilegal de vínculos públicos de servidores em prefeituras da Paraíba

O promotor de Justiça, Fernando Cordeiro Sátiro Júnior, determinou a instauração de inquéritos civis nºs 001.2021.026612 e 001.2021.026592 para apurar, em toda sua extensão, os supostos casos de acúmulo ilegal de vínculos públicos em prefeituras do Vale do Paraíba, no Agreste paraibano.

A medida foi publicada na edição do Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público da Paraíba dessa quarta-feira (17).

De acordo com a publicação, as supostas irregularidades serão investigadas nos municípios de Itabaiana, Pilar, São Miguel de Taipu e Juripiranga.

O documento não traz detalhes sobre a quantidade de supostos casos de acumulação irregular de vínculos públicos, mas estabelece que ao fim da investigação sejam adotadas medidas administrativas ou judicial sejam aplicadas ao caso, se necessárias.

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *