Paraíba perde R$ 231 milhões com vetos de Bolsonaro à LOA; R$ 20 milhões para o Ramal de Piancó estão entre os cortes

A Lei Orçamentária Anual de 2021 foi sancionada, nesta sexta-feira (23), pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), com veto a R$ 19,8 bilhões, cancelados definitivamente, e bloqueio adicional de R$ 9,3 bilhões em despesas discricionárias, que podem ser liberados no decorrer deste ano.

A Paraíba sofreu cortes de R$ 231 milhões oriundos de emendas em áreas importantes como Saúde, Educação e Infraestrutura. Desse montante foram cortados, por exemplo, R$ 20 milhões destinados à Construção do Sistema Adutor Ramal do Piancó que vai receber águas do Rio São Francisco.

O ex-senador José Maranhão, falecido recentemente, havia destinado ano passado R$ 29 milhões para a obra que visa beneficiar mais de um milhões de pessoas em 37 municípios paraibanos. O Ramal de Piancó, com 20 km, vai perenizar o Rio Piancó e permite abastecer o maior açude do Estado, Coremas-Mãe d’Água.

 

Gazeta da Paraíba

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *