Paraíba registra 11 variantes da Covid-19 e é o 4º estado com maior número de linhagens identificadas no Brasil

A Paraíba já registra 11 variantes da Covid-19 e é o 4º estado com maior número de linhagens identificadas no Brasil. De acordo com informações obtidas pelo ClickPB, a Paraíba é o segundo do Nordeste com identificação da linhagem P.1. Até o dia 5 de fevereiro, 11 linhagens foram identificadas em circulação pelo território, sendo o quarto com maior número de linhagens, atrás apenas de São Paulo (26), Rio Grande do Sul (12) e Rio de Janeiro (16).

Em entrevista ao ClickPB, o secretário executivo de Gestão de Unidades de Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, reforça que é fundamental o entendimento de que os cuidados já adotados como isolamento social, uso de máscara, álcool e a vacinação são obrigatórios para a contenção da pandemia.

“Há uma preocupação e a recomendação da OMS é que todas as vacinas apresentam capacidade de resposta contra o coronavírus e suas variantes. O Brasil conta com uma vacina de vírus atenuado inativado. Ela entrega o vírus inteiro para nosso sistema imune aprender a se defender contra ele. Essa vacinação é uma aposta muito importante para esse tempo de mutação”, alertou.

De acordo com o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, em dezembro a secretaria recebeu da Fiocruz-RJ os resultados dos sequenciamentos que apresentaram a circulação de diversas linhagens do vírus, sendo as principais linhagens a B.1.1.33 e B1.1.28. Também foi identificada a circulação da variante portadora da mutação E484K na proteína Spike em três amostras do estado, sendo uma delas a 2ª amostra do caso confirmado de reinfecção. Essa nova linhagem foi classificada como B.1.1.28 (E484K) ou P2.

“Em janeiro recebemos mais resultados de sequenciamento que demonstraram o avanço da linhagem P2 no Estado da Paraíba, bem como a linhagem P1, recentemente identificada como variante amazônica. Estudos sugerem que tanto a linhagem P1 quanto a linhagem P2 tem maior capacidade de transmissão entre infectados. A identificação de circulação de novas linhagens no território da Paraíba é de extrema importância para possibilitar a tomada de decisões rápidas no enfrentamento da pandemia”, destacou.

Ainda segundo informações da Secretaria de Saúde do Estado, três pessoas já foram identificadas com a mutação do vírus que é ainda mais agressivo por ter uma alta carga viral.

 

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *