PF deve investigar se dinheiro apreendido pela PRF seria utilizado em crime eleitoral

A Polícia Federal (PF) deve investigar se os R$ 128 mil, apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal na Paraíba (PRF-PB), seriam utilizados em algum crime eleitoral. A apreensão aconteceu na madrugada desta quinta-feira (22) em um fundo falso de um veículo próximo ao posto de fiscalização no município de Mamanguape.

A superintendente substituta da PRF na Paraíba, Keilla Melo, disse ao Portal paraiba.com.br que a apreensão dessa grande quantidade em dinheiro no período que antecede o pleito chama a atenção dos órgãos policiais para a possibilidade de está relacionada a crimes eleitorais.

Segundo Keilla, essa já é a terceira grande apreensão feita pela PRF somente este mês. “Já são mais de R$ 259 mil reais apreendidos e escondidos no interior de veículos, malas, mas sem qualquer indicação direta de ligação com crimes eleitorais”, disse ela, acrescentando que a possibilidade de crime eleitoral não está descartada e é uma das linhas de investigação.

A polícia descobriu que o dinheiro apreendido foi trazido do Rio Grande do Norte para a Capital paraibana. Keilla Melo ressaltou que, a partir desse momento, as policias judiciárias irão investigar o caso para tentar identificar a origem e o destino desse dinheiro apreendido.

De acordo com ela, durante a apreensão não foi encontrado nenhum índico que ligasse o dinheiro com outras atividades delituosas. Em áudio, a superintendente substituta da PRF na Paraíba, Keilla Melo, fala da apreensão e das linhas de investigação

 

 

PRF

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *