Polícia prende suspeitos de praticar crime de extorsão

 Polícia Militar, por meio da 2ª Companhia Especializada em Policiamento com Motocicletas (2ª CEPMotos) e da Força Regional, desarticulou, na cidade de Campina Grande, um esquema do tráfico de drogas, após receber uma denúncia de extorsão mediante sequestro. A ação aconteceu no bairro do Pedregal, e três pessoas foram detidas, sendo apreendida uma grande quantidade de entorpecentes.

Após denúncia, as equipes deslocaram-se até uma agência bancária, onde um homem estaria sendo obrigado a sacar uma quantia em dinheiro para entregar aos suspeitos. No local, a vítima foi identificada acompanhada por um dos acusados. Do lado de fora da instituição financeira, foi identificado um segundo suspeito, que também foi detido pelos militares. Os homens possuem 48 e 51 anos.

A vítima relatou que, durante toda a noite, teria ficado amarrada e sob ameaças em uma casa naquele bairro e que, ao amanhecer, teria sido obrigada a ir sacar o dinheiro na referida instituição financeira. Com a indicação da vítima, foi possível chegar ao local do cativeiro, onde foi encontrado vasto material do tráfico, sendo apreendidos cerca de 170 litros de loló, 8 balanças de precisão, aproximadamente 20 quilos de maconha, 5 quilos de crack, 540 gramas de cocaína, 7 cadernos de anotações e diversas embalagens para acondicionamento das drogas. No local, uma mulher, que tem 52 anos, também foi detida e ainda foram apreendidos 3 aparelhos celulares, o automóvel utilizado pelos suspeitos e a quantia de R$ 520,00.

Todo o material foi levado até a delegacia. Vítima e suspeitos também foram apresentados ao delegado de plantão e ficarão à disposição da Justiça.

Secom-JP

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *