Sargento da PM de Brasília é preso na Paraíba suspeito de integrar quadrilha de ataques a bancos

Um sargento da Polícia Militar de Brasília foi preso, na cidade de Patos, Sertão da Paraíba, em uma ação que aconteceu nesse sábado (10) e domingo (11). A “Operação Máchi” tem o objetivo de desarticular uma organização criminosa responsável por ataques a bancos e tráfico de drogas.

De acordo com informações da Polícia Civil, o sargento era responsável pela segurança da quadrilha, que veio do Distrito Federal para a Paraíba. Além das ações que aconteciam principalmente da Paraíba e do Rio Grande do Norte, o grupo também é suspeito de envolvimento com roubos de gado e lavagem de dinheiro.

Oito pessoas foram presas, quatro em Patos, na Paraíba, três no Distrito Federal e uma na Bahia. Armas de fogo e drogas foram apreendidas, além disso, uma plantação com aproximadamente 100 mil mudas de maconha foi encontrada no Rio Grande do Norte.

O local onde foi encontrada a plantação também era usado como esconderijo para os suspeitos se refugiarem após assaltos as agências bancárias. A organização criminosa, de acordo com a política, pretendia realizar um grande assalto a uma instituição bancária da Paraíba.

(Foto: Divulgação / Polícia Civil)

 

 Polícia Civil

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *