Secretário de Saúde alerta para festas de fim de ano e diz que chegada da variante delta requer cuidados redobrados

Com a chegada da variante delta, no estado vizinho de Pernambuco, o secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, disse, em um vídeo obtido pelo ClickPB, nesta sexta-feira (13), que é precoce o anúncio de eventos como réveillon e carnaval. Segundo ele, os gestores devem estar atentos a “iminente chegada do vírus na Paraíba”, ao reforçar o grau de maior potência em transmissibilidade dessa mutação.

“Com a chegada de duas variantes Delta, detectadas em Pernambuco, já ocorre a transmissão comunitária naquele estado vizinho e, a Paraíba está em uma situação de menor ocupação de leitos de UIT adulto, a segunda menor ocupação do país. Os meios de prevenção são os mesmos, usar máscara, álcool em gel, lavar as mãos e manter o distanciamento físico”, reforçou.

Mesmo diante de um cenário incerto em relação à pandemia da Covid-19, incluindo o avanço da variante delta do novo coronavírus, diversas prefeituras do Nordeste e o setor de entretenimento já vendem ingressos para festas de nos principais destinos turísticos como: Boipeba, Morro de São Paulo, Itacaré (BA), Carneiros (PE), Pipa, São Miguel do Gostoso (RN) e Maceió. As festas têm programação de até cinco dias e preveem shows de artistas como Anitta, Wesley Safadão, Bell Marques e Barões da Pisadinha.

“Nós achamos que ainda é uma atitude precoce, essa ideia de gestores em promover eventos com aglomerações como o réveillon e carnaval, diante da iminente chegada à Paraíba da variante delta, uma vez que, nós não sabemos como será o comportamento desse vírus quando se propagar aqui. Por isso, esse momento ainda não é de eventos com aglomerações grandes, como expectadores em campos de futebol”, explicou.

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *