Seis municípios da Paraíba têm menos de 20% da população vacinada com segunda dose; Saúde reforça campanha de imunização

A Paraíba registra até esta sexta-feira (10) seis municípios abaixo de 20% da cobertura vacinal contra a covid-19, o que correponde a imunização da primeira e segunda dose. Mataraca, Boqueirão, Tacima, Pitimbu, Alhandra e Santa Cecília estão com os piores indíces no estado dentre mais de 30 cidades paraibanas que estão abaixo média estadual de 35,61% de vacinados com a segunda dose.

Os dados acendenderam um alerta no Governo da Paraíba e a Secretaria de Saúde divulgou nesta quinta-feira (9) que meio milhão de paraibanos ainda não retornaram para a segunda dose contra covid-19, lançando uma campanha para estimular a procura pela segunda dose (D2).

Segundo apurou o ClickPB com base nos dados estaduais, Mataraca é o município com o pior desempenho. Apenas 945 pessoas receberam a segunda dose na cidade que tem 5.672 habitantes acima de 18 anos, representando 16,66% da cobertura vacinal completa. Em seguida, está Boqueirão, que vacinou somente 2.368 pessoas de uma população de 13.009 apta a receber a segunda dose, sendo 18,20% de vacinados com esquema completo.

No site das prefeituras as informações sobre a taxa de vacinação estão desatualizadas ou não existem. No endereço eletrônico de Mataraca, por exemplo, a última atualização data de 5 de agosto. Já no de Boqueirão não existem dados disponíveis sobre a imunização. O ClickPB tentou entrar em contato com os municípios, mas não houve resposta.

Apesar da campanha, a Secretaria da Saúde informou que a aplicação dos imunizantes é de responsabilidade dos municípios. Ainda assim, a pasta afirmou que foi enviado nesta quinta-feira um ofício aos coodenadores de imunização municipais da Paraíba com orientações de busca ativa de não vacinados contra a Covid-19 nos maiores de 18 anos.

O documento aponta que já foram distribuídas 2.786.635 doses (D1 e DU) na Paraíba, o que representa 93,5% da população do Estado acima de 18 anos, faltando ainda vacinar, de acordo com a estimativa populacional utilizada pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI), 194.867 pessoas.

O ofício reforça algumas medidas para alcançar o contingente populacional do público alvo da vacinação, como:

  • Integração das ações de vacinação com as Estratégias de Saúde da Família e dos Agentes Comunitários de Saúde;
  • Busca ativa dos não vacinados para primeira dose e segunda dose;
  • Registro diário das doses aplicadas no SIPNI online;
  • Avaliação e utilização de planejamento estratégico situacional para traçar metas e ações de acordo com a avaliação;
  • Realizar vacinação domiciliar para aqueles com dificuldade de locomoção: idosos, pessoas portadoras de necessidades especiais, entre outros.

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *