Vaticano começa campanha de vacinação contra a Covid-19

 

O Vaticano iniciou, nesta quarta-feira (13), sua campanha de vacinação contra a Covid-19, informou a agência oficial de notícias VaticanNews.

Neste momento, são priorizados profissionais da saúde e idosos moradores da cidade-estado, sede da Igreja Católica, localizada dentro de Roma.

Em um segundo momento, familiares dos trabalhadores – assistidos pelo Fundo de Assistência Sanitária – poderão ser vacinados.

Ainda não há confirmação oficial de que o Papa Francisco, de 84 anos, recebeu a primeira dose da vacina.

O jornal argentino “La Nación” afirma que ele foi um dos primeiros a ser vacinado, mas que imagens não foram permitidas para garantir a privacidade do Papa.

No domingo, o Francisco disse que a vacina “não é opção, é ação ética” em uma entrevista transmitida pela televisão italiana.

O papa emérito, Bento XVI, de 93 anos, está na fila para receber a primeira dose da vacina ainda esta semana, informou seu assistente pessoal Georg Gänswein à Agência de Notícias Católica (CNA).

A campanha é voluntária e a vacina não será aplicada em crianças e pessoas menores de 18 anos porque a vacina distribuída – a desenvolvida pela Pfizer com a BioNTech – não foi testada neste grupo.

 

 

Uol

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *