Acaba sem acordo reunião entre Estados e o Governo Federal sobre redução do ICMS sobre combustíveis

Não houve acordo entre os governadores e o Governo Estadual sobre a redução do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis.

Durante a reunião, ocorrida na manhã desta terça-feira, (28), em Brasília e mediada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes não foram aceitas nenhuma das propostas apresentadas pelo governadores.

Com impasse, fica valendo a lei sancionada pelo presidente da República Jair Bolsonaro aplica alíquota de 17% sobre todos os combustíveis.

Vale destacar que os Estados Goias e São Paulo já estão aplicando a lei sancionada por Jair Bolsonaro.

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.