Adolescente de 16 anos diz que foi embriagada e estuprada

Uma adolecente, de 16 anos de idade, disse que foi embriagada e estuprada por um homem acompanhado da companheira, em Cajazeiras, no Alto Sertão da Paraíba.

Conforme o delegado Ilamilto Simplício informou ao Notícia Paraíba, no dia 25 de junho de 2022, a adolecente foi chamada por uma amiga para ir até a residência da campaneira do homem, sem saber que o mesmo também estaria, onde começaram a brincar de um jogo com propostas sexuais, que são sorteadas e o (a) participante que não fizesse precisaria ingerir bebida alcoólica.

Com isso, a jovem, que relatou não ter se sentido à vontade para realizar as propostas, acabou ingeriu bebida alcoólica durante as rodadas do jogo e, já quando estava embriagada, foi levada pelo casal e a amiga para um quarto da residência.

Nesse quarto, o homem teria se aproveitado do estado de inconsciência da vítima para realizar atos sexuais com ela, consumando assim o estupro de vulnerável, na frente da esposa e da amiga.

No dia seguinte, a vítima teve consciência do que havia acontecido, mas por sentir mal e envergonhada só conseguiu denunciar o caso na Delegacia da Mulher de Cajazeiras, no dia 12 de julho de 2022.

Com isso a delegada Yvna Cordeiro deu entrada no processo de prisão temporária do suspeito, que foi atuado por servir bebida alcoólica à menor de idade e pela violência sexual, nessa quinta-feira (18).

Porém, o homem foi liberado pela Justiça na audiência de custódia e, abalada com o caso e com a decisão da Justiça, a vítima publicou um desabafo nas redes sociais, nessa sexta-feira (19).

 

 

 

Notícia Paraíba

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.