colegio mesquita

Aesa promove capacitação sobre Batimetria em Reservatório nesta terça-feira

Aesa promove capacitação sobre Batimetria em Reservatório nesta terça-feira

Paraíba
Joaquim
25 de dezembro de 2022
4

Já estão abertas as inscrições para a capacitação sobre Batimetria em Reservatório que será  realizada pelo Governo do Estado, por meio da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa). A aula será na próxima terça-feira (27) pela internet, na plataforma Google Meets. Para participar, basta preencher o formulário de inscrição disponível no site aesa.pb.gov.br.

A capacitação será ministrada pelo gerente-executivo de Operação de Mananciais da Aesa, João Pedro Chaves e abordará os temas: introdução aos levantamentos batimétricos e ao ecobatímetro; parâmetros gerais dos ecobatímetros; planejamento e posicionamento planimétrico do levantamento; processamento de dados; e montagem do ecobatímetro em uma embarcação.

A batimetria é a medição da profundidade de açudes, rios, lagos e até do oceano. É uma espécie de topografia das superfícies subaquáticas. “Todas as barragens sofrem um processo natural de assoreamento. Ao longo dos anos, a tendência é a diminuição da quantidade de água comportada. A batimetria é utilizada para atualizar esta capacidade de armazenamento.  Com estas informações atualizadas, fica mais fácil tomar decisões estratégicas para gerenciar nossos recursos hídricos”, explicou João Pedro Chaves.

Treinamento – Entre os dias 5 e 9 de dezembro, dez técnicos da Aesa participaram de um treinamento sobre os procedimentos usados em um levantamento batimétrico. A capacitação foi realizada em Alhandra, na barragem Gramame-Mamuaba, pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh).

“Tivemos a participação de técnicos das gerências de João Pessoa, Campina Grande, Patos e Sousa. A coleta de dados foi realizada das 6h da manhã até as 17h e como resultado deste treinamento teremos a atualização da capacidade do reservatório, que deve ser concluída pela Cogerh até o fiml de janeiro”,  avisou João Pedro.

Durante o treinamento, o analista em gestão dos recursos hídricos e coordenador do núcleo de operações da Cogerh, Pedro Hugo, apresentou o equipamento utilizado pela Companhia na rotina de atividades de batimetria, bem como a importância no monitoramento quantitativo e a necessidade de atualização da capacidade hídrica dos açudes por meio dos dados da Cota-Área-Volume (CAV).

 

Secom-PB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.