Boris Johnson faz visita surpresa a Kiev em meio ao aumento da ofensiva russa

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, foi a Kiev neste sábado (10) para se reunir com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky. A informação foi confirmada pela presidência ucraniana, que não divulgou detalhes sobre a reunião.

Por meio do Twitter, Johnson postou uma imagem com o líder ucraniano e um texto em que afirma que “estamos estabelecendo um novo pacote de ajuda financeira e militar que é uma prova de nosso compromisso com a luta do país contra a campanha bárbara da Rússia”.

O premiê ainda informou que sua visita surpresa tem como objetivo “dar uma demonstração do apoio inabalável ao povo da Ucrânia”.

A visita supresa ocorre um dia após um ataque à estação de trem de Kramatorsk, em Donetsk. Ao menos 50 pessoas morreram e mais de 80 ficaram feridas após dois mísseis atingirem o local, segundo autoridades ucranianas.

Johnson é o primeiro chefe de Estado de potências do G7 a ir para a Ucrânia desde o início da guerra promovida pela Rússia, em 24 de fevereiro. A presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, e o alto representante do bloco europeu para a Política Externa, Josep Borrell, se reunirem com Zelensky ontem.

Reino Unido, União Europeia e Estados Unidos têm liderado a movimentação para aplicar duras sanções contra Moscou para tentar frear a guerra no país europeu. Além disso, esses países enviam armamentos para que os ucranianos se defendam dos ataques russos. (*Com informações da Ansa.)

 

Uol

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.