Cinco pessoas são presas suspeitas de assaltar bancos e explodir carro-forte

Cinco pessoas são presas suspeitas de assaltar bancos e explodir carro-forte

Sem categoria
Joaquim
10 de novembro de 2023
51
Uma operação policial foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (9) com o objetivo de desarticular um grupo criminoso que teria ligação com assaltos a bancos e explosão de carro-forte, na cidade de Cabaceiras, no Cariri da Paraíba. Foram presas cinco pessoas, sendo três homens e duas mulheres.

Essa operação é uma continuidade de uma outra ação, deflagrada há dias atrás, na qual foi realizada a prisão de uma pessoa apontada como o mentor de ações criminosas dessa natureza. Devido a esta prisão e a continuidade da operação, a Polícia Civil conseguiu realizar a prisão de mais cinco pessoas que teriam envolvimento com o grupo criminoso.

Em Cabaceiras, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, três na zona urbana e um mandado cumprido na zona rural do município. Na zona rural de Cabaceiras, policiais encontraram armas de fogo, munição de diversos calibres, roupas camufladas e explosivos. Ainda em decorrência da operação, três carros que seriam utilizados pelo grupo criminoso foram apreendidos e levados para o pátio da Central de Polícia, em Campina Grande.

De acordo com a Polícia Civil, além de roubar caixas eletrônicos, o grupo criminoso também atacava empresas de distribuição de valores, como carros-fortes. Ainda segundo a investigação, esse grupo já estava se preparando para um novo ataque.

Dentre as pessoas presas nesta fase da operação (o qual resultou em cinco pessoas presas), um deles tinha um mandado de prisão em aberto por assalto a banco e uma outra pessoa é ex-funcionária de uma empresa de segurança que faz o transporte de valores.

Durante a operação, na zona rural do município de Cabaceiras, um indivíduo, que faria parte do grupo criminoso, chegou a trocar tiros com policiais, mas conseguiu fugir e ainda não foi localizado.

 

G1

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.