Codata lança edital para concurso com 61 vagas e salários de mais de R$ 5 mil; inscrições começam próxima segunda-feira

A Companhia de Processamento de Dados da Paraíba (Codata) lançou o edital de concurso público para o preenchimento de 61 vagas para cargos de analistas e técnicos da instituição. Os salários variam de R$ 3.813,76 a R$ 5.018,66, para cargos de nível médio/técnico e superior. As inscrições iniciam na próxima segunda-feira 5 de setembro.Inscrições aqui.Como obtido pelo ClickPB, o edital foi publicado no Diário Oficial deste sábado (3).

As provas objetivas serão realizadas no dia 11 de dezembro, na cidade de João Pessoa, nos turnos da manhã (para os cargos de nível superior) e da tarde (para os cargos de nível médio e técnico). O resultado final do concurso será divulgado em 17 de fevereiro de 2022.

As vagas são para cargos de nível superior e médio/técnico, e o Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan) foi a empresa escolhida para organizar o certame.

A remuneração oferecida será de R$ 5.018,66, para os cargos de analistas, e R$ 3.813,76 para os cargos técnicos. Para ambos os cargos, a jornada de trabalho semanal será de 40 horas semanais.

As inscrições para o concurso estarão abertas a partir das 14h de 5 de setembro e se estendem até as 23h59 de 17 de outubro, no qual os candidatos devem preencher um formulário de inscrição no site da organizadora do certame, a Idecan, e anexar todas as informações e documentação do candidato.

Para efetivar a inscrição, o candidato deve pagar uma taxa, sendo de R$ 100 para os cargos de nível médio/técnico e R$ 120 para os cargos de nível superior. O pagamento da taxa deve ser feito até 18 de outubro.

São oferecidas 61 vagas para os cargos de Analista de tecnologia da Informação, Analista de administração e finanças, Técnico de tecnologia da informação e Técnico de administração e finanças, sendo, do total, 12 vagas destinadas para candidatos cotistas e três vagas para pessoas com deficiência.

O concurso compreenderá exames de habilidades e conhecimentos, mediante aplicação de prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos e prova de títulos para os cargos de nível superior, de apenas classificatório.

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.