Deputado Cabo Gilberto volta a duvidar da lisura das Eleições e diz “aguardar relatório do PL”, previsto para dezembro

Mesmo após o Partido Liberal (PL), ao qual o presidente Jair Bolsonaro também é filiado negar, que vá questionar o resultado das eleições deste ano, o deputado estadual Cabo Gilberto (PL) voltou a questionar as Eleições 2022. Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta quarta-feira (16), ele voltou a colocar em dúvida a lisura do processo eleitoral brasileiro.

“O que tem é um relatório do partido contratado de forma privada que vai ser entregue no próximo mês e iremos ver o que vai acontecer. Independente disso, as eleições foram contaminadas. Tivemos um candidato que foi posto em liberdade através de uma manobra da Suprema Corte. O presidente do Superior Tribunal Eleitoral é inimigo declarado do atual presidente”, disse.

O parlamentar também se posicionou a um suposto relatório, divulgado pelo site O Antagonista, afirmando que a sigla vai pedir a anulação do pleito de 2022 — que definiu Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como novo presidente. “Essa questão de anulação não partiu do nosso partido”, disse.

“Eleição de deputado e senador é diferente. Eleição de presidente é no país todo e por isso precisa ter contagem e transparência”, destacou.

 

Click PB

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.