Diocese de Patos chora a morte de Padre Pedro Custódio, aos 71 anos; veja

A Palavra de Deus diz lá em Romanos 12:15 Alegrai-vos com os que se alegram; e chorai com os que choram. Portanto, na madrugada de hoje (18), de setembro é uma data de chorarmos pela morte do Monsenhor Pedro Custódio da Silva, aos 71 anos.

Padre Pedro é filho da cidade Catolé do Rocha, onde nasceu 16 de outubro de 1950, sendo ordenado em 28 de dezembro de 1990. Portanto ia celebrar 32 anos de padre.

Monsenhor Pedro Custódio faleceu na madrugada deste domingo (18) , aos 71 anos de idade. Foi pároco na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em São Mamede-PB, por 11 anos. Passou também por Condado, São José do Sabugi, Santa Terezinha, Vista Serrana, Teixeira e atualmente estava como vigário em São Sebastião.

Padre Pedro era um sacerdote de temperamento forte, mas que não guardava magoa de ninguém tinha um grande coração. Um padre zeloso no seu ministério, um excelente administrador e tinha uma pregação forte cheia de catequese e profética. Amava à Igreja de Cristo.

Padre Pedro sofria a muitos anos de diabetes e nos últimos meses passou por algumas internações no hospital em Patos.

 

Padre Pedro também era diretor da Rádio Espinharas de Patos, ao lado de Padre Jair Tomasela e Padre Fabrício Dias Timóteo. Portanto, a Diocese de Patos, seus parentes e amigos estão chorando pela sua morte, mas também todos estão esperançosos na misericórdia de DEUS, que vai acolher padre Pedro na casa do PAI.

Neste domingo seu corpo será velando na Capela do Cristo Rei, onde haverá duas celebrações às 11h e às 17h, depois seu corpo será levado para sua terra natal, Catolé do Rocha onde será sepultado, nesta segunda 19 de setembro.

 

 

Blog do Jordan Bezerra

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.