Diretório Nacional do PT determina recomposição do partido na Paraíba

A Comissão Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores determinou a recomposição do Diretório Estadual e da Executiva Estadual na Paraíba. Com a deliberação aprovada nesta sexta-feira (29), as decisões sobre candidaturas majoritárias, chapas proporcionais e alianças, devem ser aprovadas pelo Diretório Nacional da legenda.

Segundo a Comissão, a decisão foi tomada após considerar “a situação interna do PT da Paraíba e seus reflexos na disputa eleitoral, que a exemplo da eleição de 2020, poderão afetar negativamente o desempenho do PT, com possíveis reflexos danosos inclusive para a campanha do Presidente Lula”.

A deliberação do Diretório Nacional do PT visa cessar os embates dentro do partido entre os defensores da pré-candidatura do senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) ao Governo do Estado, apoiada pelo ex-governador Ricardo Coutinho, e os dissidentes que sustentam a manutenção da sigla no projeto de reeleição do governador João Azevêdo (PSB), a exemplo do deputado federal Frei Anastácio.

A Comissão Executiva justifica a medida afirmando que “o Diretório Estadual e a Executiva Estadual, atualmente, não representam mais o equilíbrio interno”. A nova resolução foi aprovada por 15 votos a três. Com resultado da votação, Jackson Macêdo segue na presidência, e deixam de fazer parte da direção o grupo ligado ao deputado Anísio Maia, agora no PSB, após se desfiliar por não aceitar punição que o tornaria inelegível para a reeleição este ano.

Wscom

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.