Efraim Filho diz que Congresso não aceitará aumento de impostos e defende manutenção do ‘orçamento secreto’

O senador eleito, Efraim Filho (União Brasil), disse, nesta segunda-feira (31), durante entrevista ao programa Frente a Frente, da TV Arapuan, que o Congresso Nacional não aceitará propostas do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para aumentar a cobrança de impostos.

Segundo ele, o governo terá que cortar gastos e despesas onde há desperdícios e não simplesmente encaminhar propostas que resultem no aumento de impostos.

Efraim Filho disse ainda que o próximo presidente terá como um dos principais desafios manter o equilíbrio fiscal. “Se for para aumentar imposto, tô fora. O presidente já pode contar com meu voto contra”, afirmou.

Questionado se uma das saídas seria extinguir o orçamento secreto, Efraim Filho ressaltou que cortar investimentos é a pior solução.

 

 

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.