Empresa do influenciador Renato Cariani é alvo de operação da PF contra tráfico de drogas

Empresa do influenciador Renato Cariani é alvo de operação da PF contra tráfico de drogas

Brasil
Joaquim
12 de dezembro de 2023
122

A empresa Anidrol, indústria química que fica em Diadema (SP), é um dos alvos de operação da Polícia Federal, deflagrada na manhã desta terça-feira (12), contra o tráfico de drogas e o desvio de um produto químico usado na produção de crack. Um dos sócios da empresa, o influenciador fitness Renato Cariani, também é alvo de buscas, segundo informação do g1.

Ao todo, são cumpridos 18 mandados de busca e apreensão, sendo 16 em São Paulo, um em Minas Gerais e um no Paraná.

 

Material apreendido em operação
Legenda: Material apreendido em operação
Foto: Divulgação/Polícia Federal

 

O grupo é suspeito de desviar 12 toneladas de produtos químicos para a produção de crack, entre eles, fenacetina, acetona, éter etílico, ácido clorídrico, manitol e acetato de etila. Segundo a PF, o total corresponde a mais de 19 toneladas de cocaína e crack prontas para o consumo.

Emissões fraudulentas

 

As investigações revelaram que o esquema abrangia a emissão fraudulenta de notas fiscais por empresas licenciadas a vender produtos químicos
Legenda: As investigações revelaram que o esquema abrangia a emissão fraudulenta de notas fiscais por empresas licenciadas a vender produtos químicos
Foto: Divulgação/Polícia Federal

 

As investigações revelaram que o esquema abrangia a emissão fraudulenta de notas fiscais por empresas licenciadas a vender produtos químicos em São Paulo, usando “laranjas” para depósitos em espécie, como se fossem funcionários de grandes multinacionais, vítimas que figuraram como compradoras.

Foram identificadas 60 transações dissimuladas vinculadas à atuação da Organização Criminosa alvo da operação.

 

influenciador fitness Renato Cariani
Legenda: O influenciador fitness Renato Cariani é um dos sócios da empresa e também é alvo de busca em operação da PF, segundo o g1
Foto: Reprodução Instagram

 

As pessoas relacionadas aos fatos investigados responderão, cada qual dentro da esfera de responsabilidade, pelos crimes:

  • Tráfico equiparado
  • Associação para fins de tráfico
  • Lavagem de dinheiro.

As penas cominadas podem ultrapassar 35 anos de reclusão. As investigações também revelaram que os envolvidos empregavam diversas metodologias para ocultar e dissimular a procedência ilícita dos valores recebidos, tais como interpostas pessoas e constituição de empresas fictícias.

Renato Cariani tem mais de 7,3 milhões de seguidores nas redes sociais compartilhando conteúdos sobre musculação. Apresenta-se como empresário, atleta e youtuber. Ele não se manifestou até a última atualização desta reportagem.

Pedido de prisão negado

A Justiça de São Paulo negou o pedido de prisão contra o influenciador Renato Cariani, expedido pela Polícia Federal, ainda nesta manhã. Segundo o delegado responsável pelo caso, Vitor Beppu Vivaldi, foram emitidos quatro pedidos de prisão, e todos foram negados pela Justiça.

 

 

Diário do Nordeste

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.